Na Polônia, seleção masculina de basquete começa preparação para o Pré-Olímpico

A seleção brasileira masculina de basquete iniciou nesta sexta-feira, em Walbrzych, na Polônia, a sua preparação para o Pré-Olímpico de Split, na Croácia, em busca de uma vaga nos Jogos de Tóquio-2020. No período da manhã, o técnico croata Aleksandar Petrovic apresentou o seu plano de trabalho durante reunião de pouco mais de 30 minutos e os auxiliares Bruno Savignani, Léo Figueiró e César Guidetti passaram vídeos sobre movimentações de marcação e ataque.

No período da tarde, o grupo realiza a primeira atividade em quadra. “Estou muito confiante no nosso grupo e no que podemos fazer nesse Pré-Olímpico. Tenho total certeza que vamos brigar muito forte por uma vaga em Tóquio-2020”, disse Aleksandar Petrovic aos jogadores.

O grupo brasileiro já está praticamente completo. Dos 15 jogadores convocados, 11 já estão disponíveis. Anderson Varejão e Vitor Benite chegam nesta sexta-feira. Bruno Caboclo e Marcelinho Huertas, que está nas semifinais da Liga Espanhola, são os próximos para completar a equipe.

Os trabalhos em Walbrzych vão até o próximo dia 19, quando o time viaja para Gliwice, onde faz nos dias 22 e 23 amistosos diante da Polônia. A viagem para Split será no dia 25. Pelos protocolos da Fiba, a seleção desembarca na cidade com 14 atletas, que farão os testes PCR de covid-19. Desses, 12 jogam a competição que vale uma vaga em Tóquio-2020.

O Brasil estreia no Pré-Olímpico no próximo dia 29 diante da Tunísia, às 15 horas (de Brasília). E no dia 30 encara a Croácia, encerrando a primeira fase. Do outro lado da chave estão Rússia, Alemanha e México. Os dois primeiros de cada mini-grupo avançam para as semifinais. A decisão acontece no dia 4 de julho, em Split.