Novo presidente do Atlético-MG quer segurar Sampaoli e time altamente competitivo

Eleito na última sexta-feira para o triênio 2021 a 2023, Sérgio Batista Coelho, novo presidente do Atlético-MG, deu sua primeira entrevista coletiva após a votação revelando ter planos ousados para o clube. Além de demonstrar a intenção de antecipar a renovação de contrato com Jorge Sampaoli, ele pretende ter um time “altamente competitivo” e protagonista em todas as competições.

Sérgio Coelho se revelou um fã do comandante argentino e já estuda reunião com o staff do comandante para tê-lo por mais dois anos, no mínimo, em Belo Horizonte. Quer ampliar o acordo firmado até o fim de 2021.

“Com relação ao Sampaoli, gosto muito dele. Acho que tem as características importantes para um grande treinador, é trabalhador, uma pessoa muito séria, correta, e tem a cara do Atlético”, enfatizou Sérgio Coelho, mostrando enorme apreço ao treinador.

“É daqueles que se envolvem, vibram, lutam. Na minha avaliação, ele está entre os cinco grandes nomes de treinador da América Latina. E não é fácil achar um grande treinador hoje, mesmo se quiser. Então, pretendemos estar com ele no comando até o final de 2021 e, se a oportunidade for criada agora, em questão de renovação de contrato, eu o farei”, acrescentou.

Ao mesmo tempo em que revelou sua intenção da manutenção de Sampaoli, o presidente não garantiu a presença do diretor de futebol Alexandre Mattos, ex-Palmeiras e que ganhou destaque no rival Cruzeiro.

Ele assume oficialmente em 4 de janeiro e indicou que pode fazer trocas na direção de futebol. “Quanto ao Alexandre Mattos e demais diretores do Atlético, e pessoas que exercem cargos de chefia, estamos avaliando um por um, conversando com alguns já, e esses profissionais serão escolhidos e firmados ou não depois da minha posse”, disse.

Na política do Atlético-MG desde 1995, Sérgio Coelho ainda falou sobre suas quatro principais metas no comando. “São os quatro pilares que a gente anunciou: ter um time altamente competitivo, que seja protagonista em todos os campeonatos que entrar, investir na base, sanear as finanças e inaugurar a Arena MRV dentro do prazo previsto”.