Palmeiras coloca Allianz Parque à disposição para vacinação contra a covid-19

A WTorre e o Palmeiras vão disponibilizar as estruturas do Allianz Parque às autoridades de saúde para o funcionamento de um dos núcleos de atendimento da campanha de vacinação contra a covid-19. As tratativas com o governo do Estado estão em andamento e o estádio já está preparado para receber a operação assim que o cronograma de imunização no País for definido.

Antes do Allianz Parque, Corinthians e São Paulo já haviam anunciado que Neo Química Arena e o Morumbi estarão à disposição das autoridades de saúde para contribuir na campanha de vacinação contra o coronavírus na cidade.

Será a quarta vez que o Allianz Parque, em uma ação em conjunto da Wtorre, Palmeiras e Prefeitura de São Paulo, abrigará campanhas de conscientização e vacinação. No começo de 2020, de 23 de março a 05 de junho de 2020, a arena palmeirense foi um dos núcleos de trabalho da cidade para a campanha de vacinação de Influenza focada nos grupos de risco da coronavírus. A iniciativa atendeu 17.136 pessoas.

A participação em campanhas de vacinação faz parte do programa “Por Um Futuro Mais Verde”, que tem como objetivo consolidar o Palmeiras como uma organização responsável, geradora de impacto positivo para o futebol e para a sociedade.

VACINAÇÃO EM SÃO PAULO – Segundo o Plano Estadual de Imunização contra a covid-19 de São Paulo, as primeiras doses da Coronavac serão aplicadas a partir do dia 25 de janeiro. O cronograma terá nove semanas de duração, com fim previsto para 28 de março. A primeira fase da campanha deve atingir 9 milhões de pessoas e terá como foco profissionais de saúde, idosos, indígenas e quilombolas.

Na Europa, o Olympique de Marselha, que ocupa a quinta colocação no Campeonato Francês, também anunciou que deixará seu estádio, o Vélodrome, à disposição das autoridades de saúde francesas para ser utilizado durante a campanha de vacinação contra a covid-19 no país.