Para desencantar na Série B, Botafogo defenderá tabu de 19 anos contra o Coritiba

O Botafogo apostará no tabu de 19 anos contra o Coritiba para desencantar na Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado, às 21 horas, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela segunda rodada. Desde 2002, o clube carioca não perde como mandante para os paranaenses.

No Brasileirão daquele ano, o Coritiba fez 2 a 0. De lá para cá, porém, foram 12 jogos com o Botafogo em casa, sendo oito vitórias alvinegras e quatro empates. Sem falar que desde 2014, o Botafogo não perde do Coritiba – duas vitórias e quatro empates.

Na Série B, os times vivem momentos opostos. Na estreia, os cariocas empataram por 1 a 1 com o Vila Nova e o Coritiba superou o Avaí por 2 a 0.

O técnico Marcelo Chamusca não deverá fazer alterações no time e olha que a semana foi movimentada pelos lados de General Severiano. O Botafogo contratou o volante Barreto, o meio campo Luis Oyama e o atacante Rafael Moura, além de ter emprestado Lecaros ao Avaí. No departamento médico estão os goleiros Gatito Fernández (joelho) e Diego Cavalieri (calcanhar) e o volante Kayque (coxa direita).

No Coritiba, o técnico Gustavo Morínigo não poderá contar com o volante Jhony Douglas. Ele testou positivo para Covid-19 e desfalcará o Coxa nos próximos jogos. O atacante Igor Paixão também cumpre quarentena.

O volante Gustavo Bochecha, por outro lado, será uma das novidades no banco de reservas. Ele vem treinando com o grupo desde o início da semana. Na esquerda, o lateral-direito Natanael seguirá improvisado. Cobrado por parte da torcida, o atacante Waguininho também segue como titular. Ele fez o primeiro gol do Coxa na Série B.