Perto de completar 100 partidas pelo São Paulo, Pablo valoriza marcas no clube

Campeão do Campeonato Paulista, presença na seleção da competição, artilheiro do São Paulo nas últimas três edições do Estadual, apenas uma derrota nos últimos 18 jogos em que esteve em campo, gols recentes em clássicos, classificação às oitavas de final da Copa Libertadores e proximidade do 100.º jogo pelo clube tricolor. Motivos não faltam para o atacante Pablo estar com o sorriso de orelha a orelha.

O camisa 9 são-paulino não esconde a sua felicidade pelo bom momento e, ambicioso, deseja novas conquistas com a camisa tricolor. “Estou muito contente com o momento vivido pelo São Paulo. Nosso time todo está de parabéns e o título do Paulistão, após nove anos, nos deu uma confiança muito grande para a sequência da temporada. Estamos com o ânimo renovado. Nossa expectativa é brigar pelos títulos do Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Vamos com força total em busca dos nossos objetivos”, declarou o atacante, que tem 35 participações para gols com a camisa do São Paulo.

Neste sábado, o São Paulo estreia no Campeonato Brasileiro. Pablo disputará pela oitava vez a elite do futebol nacional. Ele já tem mais de 150 jogos na competição mais valorizada do País. “Eu tenho a opinião que o Brasileirão é o nacional mais difícil do mundo. Quando inicia a competição são vários os candidatos ao título e à medida que a competição vai afunilando cada time entra em campo com um objetivo diferente, seja se manter, buscar uma vaga nas competições internacionais ou brigar pelo título. Em resumo, não tem jogo fácil e chegamos prontos para não batermos na trave como foi na última temporada. O segredo é oscilar o menos possível para conquistarmos a Série A”, opinou o atleta de 28 anos.

A largada do São Paulo será no estádio do Morumbi diante do Fluminense. Pablo demonstra bastante respeito ao rival. “É um time de muita qualidade e mostrou isso nesta semana ao vencer o River Plate na Argentina. Tem jogadores em ótima fase, como: Luccas Claro, Yago, Nenê e Fred. Precisamos anular os pontos fortes deles para estreamos com o pé direito na Série A. Após a conquista do Paulistão, queremos recolocar o São Paulo na rota da conquista de títulos e, por isso, é importante já iniciar com vitória”, afirmou Pablo, que na carreira já marcou dois gols diante do Fluminense.

Se entrar em campo diante do rival tricolor carioca, Pablo chegará à marca de 99 jogos com a camisa do São Paulo (96 partidas oficiais e 2 partidas pela Flórida Cup). Os números poderiam ser ainda melhores caso o atacante não sofresse graves lesões na coluna e no tornozelo.

“Chegar aos 100 jogos pelo São Paulo não é fácil. Espero atingir essa meta o quanto antes e, de preferência, com vitórias. Confesso que estou um pouco ansioso, pois sei a grandeza do clube e do momento que vivemos. Quero continuar escrevendo uma bonita história pelo tricolor com gols e títulos. Sei da minha responsabilidade e vou me entregar ao máximo para corresponder da melhor maneira possível”, finalizou.