Perto do acesso, técnico valoriza 2020 da Chapecoense: ‘Termina o ano muito bem’

Umberto Louzer pegou a Chapecoense na lanterna e perto do rebaixamento no Campeonato Catarinense. O treinador, de 40 anos, não só recuperou o clube de Chapecó (SC) como foi campeão estadual e, atualmente, está a um passo do acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Não por acaso, 2020 tem sido muito especial para o técnico.

“Avançamos mais uma barreira, entramos na casa dos 60 pontos. Voltamos à primeira colocação, a gente termina o ano de 2020 muito bem: com o título catarinense e primeiro colocado no Campeonato Brasileiro”, analisou Louzer.

Na segunda-feira, a Chapecoense recuperou a liderança da Série B ao vencer o Paraná por 2 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, no encerramento da 31.ª rodada. O time chegou aos 62 pontos e ultrapassou o América-MG, que tem 61.

“Sabemos que ainda temos sete jogos para cumprir e, agora, é recuperar os atletas, trabalhar, para poder colocar nossa mente ao próximo adversário, que é o Brasil de Pelotas”, completou Louzer.

O ex-treinador de Guarani, Vila Nova e Coritiba tem 42 jogos pela Chapecoense neste ano com 24 vitórias, 14 empates e só quatro derrotas. Na Série B são 17 vitórias, 11 empates e três derrotas.

Com 14 pontos a mais do que o quinto colocado, a Chapecoense tentará dar um novo passo rumo ao acesso no próximo domingo, às 16 horas, novamente na Arena Condá, contra o Brasil-RS, pela 32.ª rodada.