Perto do título com Inter, Abel Braga pode ser um treinador campeão sem emprego

Muitos treinadores sonham em vencer o Campeonato Brasileiro. O torneio, considerado o de maior relevância no País e um dos mais difíceis do mundo, serve como atestado de competência para os técnicos ganhadores. Abel Braga, do Internacional, está prestes a fazer história. Se acontecer, pode ser demitido, na contramão de qualquer gestão dos times brasileiros. Seu contrato se encerra com o término da competição. Até o momento, mesmo se ganhar o título, não há margens para extensão. Ele então ficará disponível no mercado.

Isso porque o Internacional tem apalavrado a contratação do técnico Miguel Ángel Ramírez para a temporada de 2021. O time gaúcho se adiantou e já tem o aceno positivo do espanhol, que fez bom trabalho no Independiente del Valle, do Equador. Sabendo de seu futuro, Abel Braga luta para deixar o clube colorado de cabeça erguida e com imagem diferente de quando entrou. Suas primeiras partidas no lugar do argentino Eduardo Coudet foram desastrosas. Só não foi demitido pela história que tem com a equipe.

Contratado em novembro para suprir o vácuo deixado por Coudet, Abel Braga pisou no estádio Beira-Rio em meio a muita desconfiança. Isso porque em 2019 ele deixou o Flamengo após péssimo trabalho para entrada do português Jorge Jesus. Seu sucessor conquistou títulos de peso e as comparações foram inevitáveis. Com Abel, o time carioca era frágil, mas com Jesus reagiu.

Suas primeiras rodadas no Internacional pareciam confirmar um retrocesso. O time demorou se ajustar e a primeira vitória aconteceu cerca de um mês depois da sua contratação. Desde então, não perdeu mais e assumiu a ponta da tabela de classificação após aplicar a maior goleada da história do São Paulo no estádio do Morumbi, o emblemático 5 a 1. Enfileirou uma sequência de nove vitórias e assumiu a liderança do Nacional. Tem o Flamengo como seu maior rival na briga pelo título.

O São Paulo, que entregou a liderança para Abel Braga, ainda pode mudar o destino do treinador. Isso porque o clube também se interessou em Miguel Ángel Ramírez e não descarta minar o acerto do Internacional com o espanhol. Nesse cenário, Abel teria chances de permanecer no time colorado por mais tempo e o clube corrigir um erro de gestão.

O Internacional vai a campo nesta quarta-feira diante do Sport, em Porto Alegre. Uma vitória pode ampliar ainda mais a sua chance de vencer o Brasileirão, uma vez que ficaria a cinco pontos do segundo colocado Flamengo, que só empatou nesta 35.ª rodada.