Pós-jogo: Operário sofre derrota para o Guarani-SP em Curitiba

Fantasma entra em campo contra o Londrina na próxima segunda-feira (7), pelo Campeonato Paranaense 

Em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B, o Operário Ferroviário foi derrotado por 5 a 2 pelo Guarani-SP, na noite desta terça-feira (1), jogando no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Os gols do Alvinegro foram marcados por Jean Carlo e Ricardo Bueno.

O jogo

Em uma partida intensa desde o inicio, o adversário abriu o placar aos 8 minutos da primeira etapa, com gol de Bruno Sávio, após roubada de bola no meio de campo. Sem oportunidades no ataque, o Alvinegro se defendeu da pressão ofensiva dos paulistas. Aos 25 minutos, Bruno Silva recebeu próximo da área e arriscou de longe, marcando o segundo gol dos adversários. Buscando diminuir o marcador, os comandados de Matheus Costa foram atrás do primeiro gol da partida que aconteceu aos 28 minutos, após jogada pela esquerda, Silva encontrou Jean Carlo na área e o camisa 7 finalizou no ângulo do goleiro Rafael Martins, diminuindo o placar. Mesmo com o gol marcado pelo Operário, a equipe de Daniel Paulista chegou ao terceiro gol no minuto seguinte. Após cruzamento pela esquerda, Simão fez a defesa no primeiro lance, mas na sequência Régis aproveitou e fez outro gol. O primeiro tempo terminou 3 a 1 para o Guarani.

Na segunda etapa, Davó marcou o quarto gol do adversário logo aos quatro minutos. Mesmo com o mau resultado, o Fantasma não deixou de atacar. Aos 10 minutos, Leandrinho finalizou pela direita, a bola estava passando a linha adversária, mas Pablo fez o corte, evitando o gol. Nos minutos seguintes, aos 13, Ricardo Bueno aproveitou o rebote do goleiro adversário e apenas empurrou a bola para rede, marcando o segundo gol do Alvinegro, diminuindo o placar para 4 a 2. No decorrer do segundo tempo, não faltou vontade para os atletas do Operário. Após jogada ofensiva, aos 41 minutos, Alex Silva dividiu com Rafael Martins e após confusão entre ambos os atletas, acabaram expulsos de campo. No apagar das luzes, aos 47 minutos, Lucão do Break arriscou de fora e acertou o ângulo de Simão, finalizando a partida em 5 a 2.

Avaliação do treinador

Em entrevista coletiva online após o confronto, o técnico Matheus Costa avaliou a primeira derrota na competição. “ É uma partida que precisa ser apagada, na Série B são jogos em sequência, com pouco tempo de intervalo e precisamos assimilar o resultado o mais rápido possível. Precisamos analisar o que foi feito hoje, para que não aconteça novamente. Agora temos um intervalo, para o próximo jogo no Brasileirão, para analisarmos ainda mais a competição. Nossa cabeça está voltada agora para o Campeonato Paranaense que é muito importante. Temos que reagir o mais rápido possível, para continuar mostrando nossa força”.

Ficha Técnica:

Operário 2 x 5 Guarani
Campeonato Brasileiro Série B – 2ª rodada
Estádio Major Antônio Couto Pereira – 01/06/21 – 19h

Operário: Simão; Alex Silva, Reniê, Rodolfo Filemon e Djalma Silva; Leandro Vilela (Fábio Alemão), Rafael Chorão, (Marcelo) e Leandrinho (Schumacher); Rodrigo Pimpão (Thomaz), Ricardo Bueno e Jean Carlo (Rafael Oller).
Téc: Matheus Costa
Banco: Thiago Braga, Odivan, Léo Rigo, Fabiano, Tibagi.

Guarani: Rafael Martins, Pablo, Thales (Índio), Carlão e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis (Tony); Bruno Sávio (Gabriel Mesquita), Júlio César (Matheus Souza) e Davó (Lucão do Break).
Téc: Daniel Paulista
Banco: Matheus Ludke, Titi, Eliel, Rafael Costa, Renanzinho.

Gols: 8´1T Bruno Sávio (Guarani), 25´1T Bruno Silva (Guarani), 28´1T Jean Carlo, 29´1T Régis (Guarani); 4´2T Davó (Guarani), 13´2T Ricardo Bueno, 47´2T Lucão do Break (Guarani).

Cartões amarelos: 37´1T Lucão do Break (Guarani), 39´1T Régis (Guarani); 15´2T Bidú (Guarani), 18´2T Thales (Guarani).
Cartões vermelhos: 41´2T Alex Silva e Rafael Martins (Guarani).

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo
Assistentes: Leila Naiara Moreira da Cruz; Lehi Sousa Silva
Quarto árbitro: Luiz Alexandre Fernandes

Da Assessoria