Postulantes ao acesso, Coritiba e Vasco se enfrentam em duelos de irmãos Castán

Coritiba e Vasco não farão apenas um confronto de Série A na Série B do Campeonato Brasileiro ou um jogo de postulantes ao acesso. Paranaenses e cariocas servirão de ponto de encontro nesta terça-feira, às 21h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), para os irmãos Luciano Castán, zagueiro do Coritiba, e Leandro Castán, defensor do Vasco.

Naturais de Jaú, interior de São Paulo, os irmãos são filhos de Marcelo e Edilaine. Luciano tem 31 anos, três a menos do que Leandro (34). Essa será a segunda vez que os dois se enfrentarão no futebol nacional. Em 2019, pela Série A, Leandro e Luciano foram adversários em um Vasco e CSA que acabou sem gols em Cariacica, no Espírito Santo.

“É um confronto um pouco diferente, não é o habitual você enfrentar um irmão do outro lado do campo. Já tivemos uma experiência assim, foi bastante emocionante. A preparação é um pouco diferente, mas é um jogo gostoso de jogar, de poder enfrentar ele. Como sempre digo, ele é um espelho para mim, tenho ele como minha referência e poder enfrentá-lo é um motivo de muita honra para mim”, disse Luciano Castán, que vai defender as cores branco e verde do Coxa.

Rebaixados ano passado no Brasileirão, Coritiba e Vasco lutam pelo G4 zona de acesso. O Coritiba não perde há sete jogos, sendo cinco vitórias e dois empates – o último sem gols contra o Cruzeiro. Com 20 pontos, o clube paranaense é o principal perseguidor do líder Náutico.

O Vasco, no entanto, parece ter acordado e quer entrar no G4. Com duas vitórias seguidas – a última diante do Sampaio Corrêa (1 a 0) -, os cariocas grudaram na zona de acesso e acumulam 16 pontos.

No Coritiba, o técnico Gustavo Morínigo não poderá contar com o atacante Waguininho, suspenso. A chance é grande de que Robinho fique com a vaga, mas Gustavo Bochecha corre por fora e pode aparecer entre os titulares. Na frente, o trio deve ser formado por Igor Paixão, Rafinha e Léo Gamalho.

“A gente sabe da história do Vasco, toda a tradição, é uma equipe que também está na Série B para buscar o acesso. É como uma final para nós, como todos os outros jogos também, sabemos que todos os jogos são muito difíceis, o nosso pensamento é jogo a jogo”, completou Luciano.

No Vasco, o técnico Marcelo Cabo não terá problemas para escalar o time. Além de não ter jogadores suspensos, o técnico ainda contará com o volante Bruno Gomes. Ele foi julgado pelo STJD por causa da expulsão contra o Cruzeiro e pegou apenas um jogo. Como cumpriu, fica à disposição.

“Nós vamos ter uma sequência de confrontos contra times que estão no G4 e a gente sempre diz que são jogos de seis pontos. Vencemos o primeiro, que foi o Sampaio. Não vai ser diferente diante do Coritiba e do Náutico. Dentro de uma ideia de leitura e do estudo que a gente vai fazer do adversário, o Vasco vai buscar a vitória dentro e fora de casa. É aquela tônica da Série B: vencer em casa e pontuar fora. É isso que a gente vai buscar fazer”, analisou Marcelo Cabo.