Restrições de viagens da Alemanha levam Mönchengladbach x City para a Hungria

A Uefa comunicou nesta segunda-feira a alteração do local da partida Borussia Mönchengladbach x Manchester City, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, para um campo neutro na Hungria por causa das restrições da Alemanha às chegadas da Grã-Bretanha em meio à pandemia do coronavírus.

A partida está marcada para o dia 24. O Mönchengladbach foi forçado a encontrar uma nova sede por causa das restrições para evitar a propagação de uma variante mais infecciosa da covid-19.

Agora, então, ficou confirmada a transferência do duelo para a Puskàs Arena, em Budapeste, que também vai receber outro confronto das oitavas de final da Liga dos Campeões, RB Leipzig x Liverpool, no dia 16. A capital da Hungria tornou-se o destino preferido da Uefa para jogos remarcados. O estádio também recebeu a Supercopa da Europa entre Bayern de Munique e Sevilla em setembro.

O clube alemão lamentou a transferência do jogo, ainda mais que não ia tão longe na competição desde 1978, quando foi semifinalista e o torneio ainda se chamava Copa dos Campeões.

“Um jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões é um evento extraordinário para o Borussia Mönchengladbach que agora infelizmente acontecerá sem espectadores e não em nosso próprio estádio”, disse o CEO do clube, Stephan Schippers, em um comunicado. “Mas estamos felizes por podermos jogar.”

Também nesta segunda-feira, a Uefa transferiu um jogo da Liga Europa para a Espanha por causa das restrições que impedem o alemão Hoffenheim de ir para a Noruega enfrentar o Molde, pelas oitavas de final. O duelo, agendado para o dia 18, agora será disputado em Villarreal.