Rigoni minimiza dores após deixar jogo do São Paulo mais cedo

Apesar de deixar o gramado do Beira-Rio no intervalo, Emiliano Rigoni foi o principal nome do São Paulo nesta quarta-feira, na primeira vitória do time paulista neste Brasileirão. Em Porto Alegre, o campeão paulista derrotou o Internacional por 2 a 0. O argentino, contudo, causou preocupação à torcida por sair da partida ainda no intervalo.

Ao fim do jogo, Rigoni tratou de acalmar os torcedores. Ele minimizou as dores musculares na coxa que acusou durante o primeiro tempo. “Foi uma carga, não é nada grave, (saí) só para prevenir um pouco. Amanhã (quinta-feira), se possível, vamos examinar e confirmar que não é nada grave”, afirmou o jogador, em entrevista ao canal SporTV.

Se a avaliação física e médica não apontar lesão, a torcida deve respirar aliviada. O jogador vem sendo importante para o time neste começo difícil de Brasileirão – o São Paulo venceu a primeira somente na 10ª rodada.

O argentino participou diretamente de cinco dos sete gols do São Paulo neste Brasileirão até agora. Nesta quarta, não foi diferente. Ele marcou o primeiro gol do jogo e protagonizou os principais lances ofensivos na etapa inicial, antes de deixar o gramado do Beira-Rio com dores.

O técnico Hernán Crespo já tem ao menos um desfalque para o duelo contra o Bahia, sábado, pela 11ª rodada. O zagueiro Bruno Alves recebeu o terceiro cartão amarelo e vai cumprir suspensão no fim de semana. Ele deixou o gramado também com dores e também preocupa o departamento médico do São Paulo.