Rodriguinho marca e Bahia sai na frente do Vila Nova na Copa do Brasil

Com gol do experiente Rodriguinho, o Bahia deu um passo importante rumo às oitavas de final da Copa do Brasil na tarde desta terça-feira ao ganhar do Vila Nova, por 1 a 0, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, pela primeira mão da terceira fase.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 19 horas, no estádio de Pituaçu, em Salvador. O Bahia joga pelo empate, enquanto o Vila Nova tem que ganhar por dois ou mais gols de vantagem. A vitória simples do time goiano leva a decisão para os pênaltis. Quem garantir a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil embolsa uma premiação de R$ 2,7 milhões.

O Bahia começou a partida se impondo sobre o Vila Nova e criou a primeira boa oportunidade logo aos oito minutos. Rodriguinho recebeu cruzamento de Thaciano e bateu na trave. No rebote, Thonny Anderson finalizou em cima de Walisson Maia. A pressão tricolor continuou e Georgemy salvou em finalização de Thonny Anderson.

Aos 16, Thonny Anderson recebeu de frente para o goleiro e deu um toque com categoria por cima. A bola caprichosamente acertou a trave. O Vila Nova apostava no contra-ataque, mas faltava acertar o último passe. A única vez que o goleiro Mateus Claus trabalhou foi aos 42 minutos, em chute de Kelvin.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Rossi cruzou na medida para Rodriguinho mandar de cabeça no contra pé de Georgemy, abrindo o placar para o Bahia. Em busca pelo menos do empate, o Vila Nova quase marcou aos 14 minutos. João Pedro arriscou de longe e Mateus Claus espalmou para escanteio.

A partida ficou aberta e o Bahia esteve perto de fazer o segundo na sequência. Rodriguinho recebeu mais um passe de Rossi e bateu para defesa de Georgemy. Aos 25, Mateus Claus levou a melhor novamente sobre João Pedro ao defender chute cara a cara.

O Vila Nova cresceu com as mudanças feitas por Wagner Lopes e chegou mais uma vez perto do empate em falta cobrada por Dudu que acertou o travessão. Já nos acréscimos, Georgemy evitou o gol do Bahia em cruzamento fechado de Alesson, que sofreu um pênalti não marcado

pelo árbitro.