Sem Guto Ferreira, Ceará recebe o Fluminense no Castelão

Sem vencer há três partidas, o Ceará não contará com o técnico Guto Ferreira e o seu auxiliar Alexandre Faganello no confronto desta segunda-feira, contra o Fluminense, às 18 horas, na Arena Castelão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Guto recebeu o terceiro cartão amarelo e Faganello acabou sendo expulso no empate com o São Paulo, por 1 a 1, no Morumbi, na última semana. Suspensos, eles serão substituídos por André Luis dos Santos, como técnico interino, e Daniel Azambuja, como auxiliar.

Em relação ao time, o zagueiro Luiz Otávio e o lateral-direito Samuel Xavier reclamaram de dores musculares na última rodada e poderão ser poupados. Caso fiquem fora, Klaus e Eduardo, respectivamente, devem ganhar chance de iniciar o confronto.

“O nosso objetivo, como grupo, é sempre deixar o Ceará nas melhores colocações possíveis. Vamos lutar até o final para que a gente possa fazer história. E, se for possível, sim, a gente tem o objetivo de chegar à Pré-Libertadores”, disse o volante Fabinho.

Outro dado curioso que o Ceará se apega neste confronto é que o clube defende uma invencibilidade de 16 anos atuando contra o Fluminense no Castelão. A última vitória carioca aconteceu em 2005, pela semifinal da Copa do Brasil. O Ceará é o 12º colocado com 46 pontos.