Sem hesitar, Djokovic vence Schwartzman em estreia no ATP Finals

Sem hesitar, o sérvio Novak Djokovic derrotou o argentino Diego Schwartzman por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em sua estreia no ATP Finals. O número 1 do mundo precisou de apenas 1h17min para derrubar o rival, atual 9º do ranking mundial, no torneio que encerra a temporada e reúne os oito melhores do ano, em Londres.

Mais sólido ao longo de toda a partida, o favorito só levou um susto no começo da partida, quando chegou a perder o saque. Mas conseguiu devolver a quebra logo na sequência. E, depois, no oitavo game, faturou nova quebra para sacramentar o primeiro set e abrir boa vantagem na partida.

Embalado, Djokovic seguiu melhor na segunda parcial. Ele obteve uma quebra logo no primeiro game do set e voltou a se impor no saque do argentino no quinto game, encaminhando a vitória. Com o resultado, o sérvio manteve o retrospecto perfeito contra Schwartzman: agora são sete triunfos e nenhuma derrota.

O sérvio despontou na liderança do Grupo Tóquio 1970, que conta ainda com o russo Daniil Medvedev e o alemão Alexander Zverev. Os dois se enfrentam ainda nesta segunda. O vencedor vai encarar Djokovic e o perdedor, o tenista argentino.

Favorito ao título, o atleta da Sérvia entrou no torneio com a posição de número 1 garantida até o fim do ano. Ele alcançou o recorde do americano Pete Sampras, que terminou seis temporadas como líder do ranking. Agora, Djokovic persegue outro recorde: o de títulos do Finals. O suíço Roger Federer é o atual dono da marca, com seis conquistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *