Sem tempo para treinar, Abel Ferreira vai ajustar Palmeiras ao seu modo nos jogos

O técnico Abel Ferreira não terá muito tempo para saborear a estreia vitoriosa no comando do Palmeiras, diante do Red Bull Bragantino, obtida nesta quinta-feira, pois o time volta a campo já no domingo, às 16 horas, diante do Vasco, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta falta de tempo para treinar, deverá fazer com que o comandante português mantenha a mesma formação.

“Infelizmente, sei que é um grande risco que corro, mas quem está no futebol sabe que é preciso correr riscos. Por isso, para conseguir alternativas para o ataque, tenho de tentar durante os jogos, pois não temos tempo para treinar”, disse o treinador, que dirigiu o time contra o Bragantino sem comandar um treino.

Abel revelou que com a entrada de Ramires, no segundo tempo, passou a jogar pela pontas e utilizou a formação da zaga com três zagueiros, além de testar o Gustavo Scarpa na lateral-esquerda, coisa que Vanderlei Luxemburgo já havia feito. Aliás, esta é uma preocupação do técnico, que durante a Data Fifa não poderá contar com o lateral-esquerdo uruguaio Viña, o goleiro Weverton, o lateral-direito Gabriel Menino e o zagueiro paraguaio Gustavo Gómez, todos servindo suas seleções.

“Nosso maior aliado é o núcleo de performance, que nos orienta na preparação, alimentação e descanso dos jogadores para que possamos utilizá-los da melhor forma nas partidas. Também conto muito com a atitude dos atletas sempre que for colocado algo que o treinador os desafie”, completou o treinador, que no domingo, às 16 horas, em São Januário vai enfrentar o “amigo” Ricardo Sá Pinto, técnico do Vasco, no primeiro duelo entre treinadores no futebol brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *