Serena avança no Aberto da Austrália e enfrentará Halep nas quartas de final

Serena Williams segue firme na busca pelo seu 24.º título de Grand Slam. Neste domingo, a americana se classificou às quartas de final do Aberto da Austrália ao derrotar a belarussa Aryna Sabalenka, a número 7 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/4.

O set de desempate foi marcado pela oscilação das tenistas. Serena chegou a abrir 4/1, permitiu a igualdade em 4/4 e aproveitou os erros de Sabalenka para quebrar o seu saque no décimo game, avançando no Aberto da Austrália, torneio em que já foi sete vezes campeã.

Sua adversária nas quartas de final vai ser a romena Simona Halep. Neste domingo, a número 2 do mundo passou de fase ao derrotar a polonesa Iga Swiatek, 17.ª colocada no ranking da WTA, de virada, por 3/6, 6/1 e 6/4. Se vingou, assim, da derrota em Roland Garros em outubro de 2020.

Halep somou a 100.ª vitória em Grand Slams após um terceiro set que começou com cinco quebras de serviço. Agora, vai encarar Serena, a número 11 do mundo, que está em vantagem de 9 a 2 no confronto direto, mas perdeu o último confronto, na decisão de Wimbledon em 2019.

Também neste domingo, a japonesa Naomi Osaka enfrentou dificuldades, mas conseguiu se garantir nas quartas de final do Aberto da Austrália. A número 3 do mundo superou a espanhola Garbiñe Muguruza, 14.ª colocada no ranking da WTA, de virada, por 4/6, 6/4 e 7/5.

No terceiro set, Muguruza chegou a abrir 5/3 e a ter dois match points no serviço de Osaka. Mas a japonesa se safou e ainda obteve mais duas quebras de serviço para se garantir nas quartas de final do Aberto da Austrália.

Sua próxima adversária será a taiwanesa Su-Wei Hsieh. Aos 35 anos, a número 71 do mundo alcançou pela primeira vez essa etapa de um Grand Slam ao derrotar a checa Marketa Vondrousova por 6/4 e 6/2. Osaka lidera o confronto direto com a veterana por 4 a 1.