Sob festa com torcida aglomerada, Flamengo viaja e leva lesionados a São Paulo

Sob cenas de aglomeração e festa da torcida, a delegação do Flamengo embarcou na tarde desta quarta-feira para São Paulo. Na capital paulista, nesta quinta, a partir das 21h30, o time vai enfrentar, no Morumbi, o São Paulo, pela rodada final do Campeonato Brasileiro, em busca do bicampeonato nacional.

Uma operação realizada pela polícia impediu que os torcedores do Flamengo se concentrassem no saguão do Aeroporto Santos Dumont. A festa, assim, para os jogadores ficou concentrada no estacionamento, sendo que muitos deles não utilizavam máscaras de proteção.

Para a viagem a São Paulo, o Flamengo relacionou 26 jogadores, incluindo atletas que não estão disponíveis para o técnico Rogério Ceni, casos do volante Thiago Maia e de César – nesta quarta, o clube comunicou que o goleiro não sofreu fratura no joelho, mas precisará realizar exames para avaliar possíveis lesões ligamentares. Isso fará, inclusive, Gabriel Batista ser o reserva imediato de Hugo Souza contra o São Paulo.

São também os casos do goleiro Diego Alves e do volante Willian Arão, que treinaram em separado nesta quarta, mas ainda assim viajaram para a capital paulista.

Com 71 pontos, o Flamengo lidera o Brasileirão com dois de vantagem para o Internacional.