Técnico da Ponte adota discurso realista e ‘joga a toalha’ em relação ao acesso

A matemática diz que a Ponte Preta ainda tem chance de conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro, mas seria necessário um milagre para isso acontecer. O discurso do técnico Fábio Moreno após o empate com o Cuiabá, por 2 a 2, na última segunda-feira, reflete bem isso.

“Procuro falar sempre que não penso no acesso. São muitos concorrentes, a gente deixou de somar pontos importantes, é difícil reverter esse quadro faltando poucas partidas”, disse Fábio Moreno.

O treinador, porém, não acredita que a queda de rendimento da Ponte Preta durante a Série B tenha ligação com os atrasos salariais. Na semana passada, a diretoria se reuniu com o elenco para tratar do assunto, mas ainda não colocou as contas em dia.

“É um assunto que a diretoria está tratando sempre de uma forma clara e transparente. A gente tenta caminhar sempre junto e conversando, apoiando uns aos outros. Estamos batalhando, a diretoria está fazendo seu esforço para conseguir resolver os problemas”, finalizou Moreno.

Com 48 pontos, a Ponte Preta volta a campo no domingo, contra o Náutico, às 16 horas, no Moisés Lucarelli.