Técnico do Real Madrid, Ancelotti critica calendário: ‘Absolutamente sem sentido’

Carlo Ancelotti não ficou nada satisfeito com a marcação do duelo das quartas de final da Copa do Rei, diante do Athletic de Bilbao, no San Mamés, marcado para o dia 3 de fevereiro e criticou bastante os responsáveis pelo calendário na Espanha. O treinador deve ter seis desfalques importantes no jogo, cinco por causa das Eliminatórias Sul-Americanas.

Éder Militão, Casemiro, Rodrygo e Vinícius Júnior foram convocados pra defender o Brasil e Valverde estará com o Uruguai. Além deles, Marcelo terá de cumprir suspensão em Bilbao. O clube merengue até cogita pedir a liberação dos brasileiros pelo fato de a seleção já estar garantida na Copa do Catar.

“O que posso dizer? O calendário é um absurdo, absolutamente sem sentido. Tem que mudar, os responsáveis por ele devem acordar e fazer algo jamais justo para todos”, criticou Carlo Ancelotti. O jogo foi marcado em data com rodada das Eliminatórias Sul-Americanas já definidas há bastante tempo, com os dois rivais tendo a semana seguinte livre.

Caso não consiga a liberação dos brasileiros, Ancelotti pode utilizar Gareth Bale diante do Elche, neste domingo, em Madri, agora pelo Campeonato Espanhol – eliminou o adversário nas oitavas da Copa do Rei – para dar mais ritmo de jogo ao galês e tê-lo como opção para Rodrygo ou Vinícius Júnior.

Hazard, herói na classificação às quartas ao marcar o gol da vitória por 2 a 1 na prorrogação, também pode ganhar mais tempo em campo. Ancelotti descartou uma saída do belga agora e ainda o vê como útil ao Real Madrid. “Hazard está nos nossos planos para a próxima temporada, posso confirmar.”