Todos os atletas serão monitorados por GPS durante os Jogos Olímpicos

Toshiro Muto, CEO do Comitê Organizador Tóquio 2020, afirmou nesta quarta-feira, que todos os atletas serão monitorados por GPS durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, além dos jornalistas presentes no Japão para cobrir o evento.

Uma lista detalhada das áreas que serão visitadas nas duas semanas de competição, como instalações esportivas e hotéis, deverá ser apresentada pelos cerca de 6 mil repórteres que vão desembarcar em Tóquio durante a competição.

Muto também disse, em entrevista coletiva, que o sistema de monitoramento será usado não para rastrear cada movimento dos participantes olímpicos, mas para rastreá-los retroativamente, caso surja algum um problema durante o período em que estarão na capital japonesa.

A Olimpíada de Tóquio será realizada de 23 de julho a 8 de agosto. Ela foi adiada em um ano por causa da pandemia da covid-19. Mesmo assim, a competição será disputada em meio a preocupação crescente de que o evento global sobrecarregue o sistema de saúde já afetado pelo surto de coronavírus.