Um dos maiores pesos médios da história do boxe, Marvin Hagler morre aos 66 anos

O norte-americano Marvin Hagler morreu, neste sábado, aos 66 anos. Hagler, apelidado de Marvelous (Maravilhoso), foi um dos maiores pesos médios da história do boxe e ficou com o título mundial de 1979 a 1987.

“Hoje, infelizmente, meu amado marido Marvelous Marvin faleceu inesperadamente em sua casa aqui em New Hampshire”, disse sua esposa Kay Hagler.

Canhoto, Hagler disputou 67 lutas durante em 14 anos de carreira profissional. Ele venceu 62 vezes, 52 por nocaute, empatou dois e perdeu três vezes. Ele fez 12 defesas de título com sucesso e venceu a luta clássica conhecida como “A Guerra”, quando derrotou Thomas “Hit Man” Hearns em abril de 1985, quando o primeiro assalto é apontado como o mais violento da história.

Em 1987, perdeu para Sugar Ray Leonard, em um dos duelos mais espetaculares de todos os tempos. Hagler não concordou com a opinião dos jurados após 12 assaltos e decidiu pendurar as luvas. Ao lado do argentino Carlos Monzón e do norte-americano Sugar Ray Robinson é apontado como um dos maiores pesos médios do boxe. Depois que largou o boxe, chegou a morar na Itália, onde participou de vários filmes.

“O boxe perdeu um grande personagem hoje”, disse o promotor de boxe Frank Warren. O ex-campeão mundial dos penas, Barry McGuigan, disse que ficou “chocado e profundamente triste” ao saber da morte de Hagler. O irlandês acrescentou: “Estou honrado por ter passado momentos incríveis com ele. Minhas mais sinceras condolências à sua esposa Kay e sua família. Descanse em paz, campeão.” O peso pesado britânico Derek Chisora disse que Hagler era “um dos maiores”.