Weverton treina sem restrições e deve reforçar o Palmeiras na Libertadores

O Palmeiras contou com novidades no treino desta segunda-feira. A principal delas foi Weverton, que retornou às atividades na Academia de Futebol após mais de um mês a serviço da seleção brasileira na disputa da Copa América. Tite havia feito a revelação de que o goleiro tinha se machucado, mas ele trabalhou sem restrições.

Na coletiva após a derrota do Brasil para a Argentina na final, Tite dissera que Weverton tinha sofrido uma luxação no dedo durante um treinamento e vinha trabalhando com um proteção no local. No entanto, o goleiro foi reavaliado no CT do Palmeiras e treinou sem problemas em seu retorno. Ao que tudo indica, foi apenas um susto.

Com isso, ele deve reforçar a equipe no duelo de ida das oitavas de final da Libertadores contra a Universidad Católica, quarta-feira, às 19h15, no Chile.

Luan, preservado contra o Santos, e Lucas Esteves, jovem lateral-esquerdo que foi convocados para treinos com a seleção brasileira em Teresópolis, também trabalharam com o elenco nesta segunda e reforçam o time alviverde na Libertadores. O zagueiro deve ser titular ao lado de Gustavo Gómez.

A principal dúvida para o duelo em Santiago é a presença de Rony. O atacante, um dos artilheiros da Libertadores, deixou o jogo contra o Grêmio com dores e não enfrentou o Santos. Ele se recupera de uma lesão no adutor da coxa e a tendência é de que não tenha condições de jogo.

Nesta segunda, a comissão do técnico Abel Ferreira comandou a movimentação com dois times de 11 jogadores e sem goleiros. Depois, o elenco participou de um trabalho em campo reduzido com a presença dos goleiros. No outro lado do gramado, alguns atletas aprimoraram cobranças de faltas.

Os jogadores com maior desgaste físico foram liberados de parte da atividade para trabalhos na parte interna do centro de excelência.

Atual campeão da Libertadores, o Palmeiras encerra a preparação para o duelo no Chile na manhã desta terça e embarca para Santiago depois do almoço. O time paulista fez a segunda melhor campanha da fase inicial, com 15 pontos, fruto de cinco vitórias e uma derrota, atrás apenas do Atlético-MG, que somou 16 pontos.