Apresentação Programa de Governança por município alinha demandas regionais

Continua o trabalho de contato com as administrações municipais, câmaras de vereadores e associações comerciais da região lindeira para alinhamento e levantamento de demandas que irão compor o ‘Programa Governança, Inovação e Inteligência para Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos nos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu’. Foram feitas reuniões com oito municípios até a última terça-feira (20).

As reuniões já foram realizadas em Marechal Cândido Rondon, Pato Bragado, Terra Roxa, Mundo Novo (MS), Entre Rios do Oeste, São José das Palmeiras, Santa Helena e Diamante do Oeste. O cronograma seguiu ontem em Missal e Itaipulândia. Hoje (23) em Guaíra e Mercedes. Dia 27 em Medianeira e São Miguel do Iguaçu e dia 29 em Santa Terezinha de Itaipu e Foz do Iguaçu.

O contato está sendo feito pela diretora técnica do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, Sandra Finkler e pelos professores da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Douglas Roesler e José Ângelo Nicácio.

A reunião em Santa Helena contou a presença do prefeito, Evandro Grade (Zado), que é vice-presidente do Conselho dos Lindeiros, além do vice-prefeito, Clademar Maraskin (Dinho), presidente da Câmara de Vereadores, Fabrícia Bendendo, presidente da Acisa, Claudete Remor e do coordenador do movimento Iguassu Valley Santa Helena, Wyllian Kuhn.

DEMANDAS REGIONAIS – Conforme o prefeito, a avaliação do trabalho que está sendo desenvolvido é muito importante. “Reconhecemos a iniciativa do presidente, Heraldo Trento, de ouvir os municípios para definir algumas metas e trabalhar em conjunto”, ressalta.

Infraestrutura e logística, saúde, com investimentos em hospitais, e turismo, são os principais destaques, segundo Evandro Grade. “É muito importante para o setor empresarial e população em geral a formação deste tipo de parcerias para melhorar todo o ecossistema”, observar Wyllian Kuhn. Em seguida as demandas serão apresentadas à Itaipu Binacional, e governos do Estado e Federal, na busca por recursos.

SANTA HELENA