Campanha “Paraná seu próximo destino” será levada aos principais eventos turísticos do Brasil

A campanha “Paraná seu próximo destino”, desenvolvida pelo Governo do Estado, começa a ganhar dimensão nacional. Ela será apresentada em eventos realizados na alta temporada do turismo no Brasil e no exterior, a partir do mês que vem e até o final do ano. A ideia é acelerar a retomada do setor pós pandemia.

A Paraná Turismo, autarquia responsável pelo fomento do turismo, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, é a responsável pela divulgação do que há de melhor no Paraná. A agenda de eventos inclui grandes feiras que retornam no formato presencial.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, é uma grande oportunidade, que complementa o plano de ação do governo estadual em promover os atrativos turísticos do Paraná. “Com a pandemia, o peso do turismo dentro da matriz econômica do Estado foi sentido por todos. Os turistas vêm ao Paraná atrás de atrativos mais conhecidos, como as Cataratas do Iguaçu, e queremos mostrar a eles que num raio de até 200 quilômetros existem outras belezas e atrações, especialmente em meio à natureza”, disse o secretário. Para Nunes, o turismo que mais vai crescer no mundo é o do segmento natureza.

Os eventos permitem contato direto com os profissionais de operadoras de turismo, agências de viagens e agências de viagem online para promover o Paraná como destino e oferta turística, dar segurança e auxílio na organização, comercialização e distribuição dos produtos e serviços do setor. “Esses eventos contam com a participação de parceiros do trade de turismo e destinos paranaenses conhecidos nacionalmente como Foz do Iguaçu e Curitiba”, relata Irapuan Cortes Santos, diretor de marketing e inovação da Paraná Turismo.

Entre eles estão eventos como o evento da Associação Brasileira de Agentes de Viagem (48ª ABAV Expo & Collab), considerada a mais completa, tradicional e importante feira de turismo brasileira, que acontece em Fortaleza, de 6 a 8 de outubro; o Agrinordeste, em Recife, de 6 a 8 de outubro, onde serão apresentadas as boas práticas do turismo rural do Paraná; o Brasil Travel Market (BTM), também Fortaleza, de 22 a 23 de outubro; e o encontro da Associação Paulista de Agências de Viagens (Avisep), em Águas de Lindóia, que recebe operadoras e agentes de viagens do interior de São Paulo, um dos polos emissores mais importantes do Brasil. Essa feira será realizada de 26 a 27 de outubro.

Em novembro, estão previstos o Festival de Turismo de Gramado, no Rio Grande do Sul, de 2 a 4; o Road Show, em Aracaju, Maceió e Recife, de 16 a 18; e a Abeta Summit, em Timbó, Santa Catarina, de 25 a 28, onde será reforçada a divulgação do potencial paranaense em turismo de aventura e ecológico. Já em dezembro deste ano, o Paraná a campanha será reforçada no Festival Internacional de Turismo (FIT), em Foz do Iguaçu, de 1 a 3; e na Expo Motorhome, em Curitiba, de 9 a 12.

NEGÓCIOS – O turismo do segmento Mice (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions) é conhecido no Brasil como turismo de negócios e eventos. Ele contempla reuniões, congressos e exposições e ocupa as primeiras posições entre os que mais aumentaram em termos de faturamento nos últimos anos no país.

O segmento se torna uma vitrine para a divulgação do Paraná porque aumenta a visibilidade, potencializa o relacionamento com as principais empresas que atuam de forma relevante no mercado (players) e reforça o posicionamento do Estado como um destino sede de grandes eventos nacionais e internacionais, junto aos principais polos emissores de turismo.

ATRAÇÃO INTERNACIONAL – Em âmbito internacional, o turismo do Paraná será o primeiro a expor no pavilhão do Brasil na Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, entre os dias 10 e 17 de outubro. A viagem e a programação, com a participação do governador Carlos Massa Ratinho Junior e diversas autoridades estaduais, incluem rodada de negócios com investidores árabes, com foco na captação de investimentos internacionais e diálogos com a participação de representantes de 192 nações.

“Os esforços de mobilização para participação dos eventos e feiras de turismo nacionais, tendem a trazer resultados positivos para o setor no Paraná, que com a retomada passa a ser reconhecido como roteiro de viagem para o turismo nacional”, ressalta André Poletti, assessor de marketing da Paraná Turismo.

Da AEN