Residência do Senai no Paraná tem como foco solucionar problemas das cidades

Programa de Ciência de Dados para Cidades Inteligentes é primeiro do país

Uma cidade inteligente é aquela que garante o básico à população aprimorando a qualidade de vida por meio da tecnologia, conquistando maior transparência e racionalidade na tomada de decisões relacionadas à infraestrutura, promoção de novos empreendimentos e modelos de negócios. Para auxiliar indústrias, empresas e instituições governamentais a solucionarem os desafios voltados ao tema, o Sistema Fiep lança o primeiro Programa de Residência em Ciência de Dados para Cidades Inteligentes do Brasil.

A Residência é um programa de pós-graduação com duração de 12 meses e tem o objetivo de unir os dados gerados pelas cidades, órgãos e indústrias para tornar a vida de todos mais prática e fácil. “Hoje cada pessoa produz uma quantidade excessiva de dados que, muitas vezes, não são analisados pelas grandes corporações e instituições governamentais por falta de equipe e conhecimento. E é aí que queremos atuar: na formação de capital humano apto a desenvolver e aplicar as tecnologias que compreendem a ciência de dados na pesquisa e resolução de problemas de negócios das cidades”, esclarece Kleber Cuissi Canuto, coordenador de Ciência de Dados e líder de iniciativas em Cidades do Sistema Fiep.

Como funciona

A iniciativa acontecerá em duas fases. Inicialmente, estão abertas as inscrições para que prefeituras, indústrias e empresas fornecedoras de soluções para cidades inscrevam seus desafios. Elas poderão aderir ao programa adquirindo quotas que dão direito a provas de conceitos relacionadas à ciência de dados em cidades inteligentes de áreas como governança, mobilidade, economia, meio ambiente, pessoas e segurança. Já na segunda etapa serão abertas as matrículas para os pesquisadores e profissionais bolsistas interessados em compor a equipe que proporá a solução dos projetos.

Para saber mais sobre o Programa de Residência em Ciência de Dados para Cidades Inteligentes, acesse o site senaipr.com.br/tecnologiaeinovacao