Coronavírus: Japão localiza nova cepa em brasileiros

No dia em que chegou perto de 290 mil casos confirmados da covid-19, o Japão detectou uma nova variante da doença em quatro viajantes brasileiros do Estado do Amazonas que chegaram ao país através da aeroporto de Haneda, em Tóquio. Segundo informações da emissora pública de televisão do país NHK, os quatro possuem uma variante diferente daquelas encontradas na Grã-Bretanha e na África do Sul.

Ainda segundo a NHK, foram confirmados mais 6.076 casos da doença no país asiático neste domingo e 45 mortes. Com estes números, os totais foram a 289.458 e a 4.080, respectivamente.

Na Alemanha, o número de mortos pela doença ultrapassou a marca dos 40 mil com a confirmação de 465 novos óbitos neste domingo. O país, que inicialmente conseguiu lidar com o vírus de forma mais bem-sucedida que os vizinhos, entrou em dezembro em um restrito lockdown que vai até o final de janeiro. Desde ontem, o país registrou 16.946 novos casos da doença. 1.928.462 casos já foram registrados na Alemanha.

A Rússia, que tem um dos maiores números de casos confirmados no mundo, registrou 22.851 novos casos neste domingo. De acordo com o governo russo, 456 pessoas morreram em decorrência do vírus nas últimas 24 horas, o que elevou o total de mortes a 61.637. Através de órgãos oficiais, o governo russo destacou que pela primeira vez desde 18 de novembro, menos de 23 mil novos casos da doença foram detectados no país em um único dia.

Ao todo, a Rússia registra 3.401.954 casos confirmados da covid-19, o quarto maior número em todo o mundo, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Logo à frente vêm Brasil, Índia e Estados Unidos, com mais de 8 milhões, 10 milhões e 22 de milhões de casos, respectivamente.

Globalmente, já são 89.751.136 infectados pela doença. O número de mortes chega a 1.928.636.