EUA: painel consultivo da FDA recomenda liberação de vacina da Pfizer e BioNTech

O Comitê Consultivo da Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos aprovou uma recomendação para que a agência libere o uso emergencial da vacina para a covid-19 desenvolvida pela Pfizer, em parceria com a BioNTech. Por 17 votos a favor e 4 contra, com uma abstenção, o painel concluiu que o imunizador é seguro e eficaz para maiores de 16 anos.

A FDA decidirá se aceita a orientação do comitê nos próximos dias. A expectativa é de que a instituição forneça o sinal verde para a distribuição do produto. No entanto, com a autorização emergencial, as doses ficarão limitadas a um substrato específico da população, como pacientes hospitalizados, enquanto os dados dos testes clínicos são analisados.

Na análise dos estudos preliminares, a agência declarou que não há informações suficientes para assegurar a segurança da vacina para menores de 16 anos, gestantes e pessoas com sistema imunológico comprometido. Antes da vacinação em massa, profissionais de saúde e residentes de casas de repousos devem ser imunizados.

Até agora, reguladores de Reino Unido e Canadá já permitiram o uso da fórmula da Pfizer, que, segundo a FDA, apresenta eficácia de 95% na prevenção do coronavírus.

*Com informações da Associated Press