EUA: primeiras vacinas doadas a outros países serão da J&J, Pfizer e Moderna

A Casa Branca informou que, no caso das primeiras 25 milhões de vacinas contra a covid-19 a serem doadas para outros países, serão enviadas apenas vacinas aprovadas pelo FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos) e que estão sendo aplicadas nos Estados Unidos: as de Johnson & Johnson (J&J), Pfizer e Moderna. O órgão informou ainda que 60 milhões de doses da AstraZeneca estão aguardando aprovação do FDA.

O governo inicialmente havia dito que, do plano de doar 80 milhões de vacinas até o fim de junho, planejava compartilhar 60 milhões de doses da vacina AstraZeneca, após uma revisão de segurança pelo FDA, e 20 milhões de doses de J&J, Pfizer e Moderna.

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, não há qualquer concessão esperada dos países que receberem a vacina. “Os EUA não estão fazendo isso como uma espécie de acordo de troca, onde damos algo por aquilo que nos é dado. Estamos dando isso com um único propósito, de acabar com esta pandemia.”

*Com informações da Dow Jones Newswires