Exercícios no Mar Negro mostram laços de defesa entre Otan e Ucrânia

A Ucrânia e a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) realizaram exercícios no Mar Negro envolvendo dezenas de navios de guerra em uma demonstração de duas semanas de seus laços de defesa e capacidade após um confronto entre as forças militares russas e um contratorpedeiro britânico ao largo da Crimeia no mês passado.

As manobras Sea Breeze 2021 envolveram cerca de 30 navios de guerra e 40 aeronaves de membros da Otan e da Ucrânia. O capitão do USS Ross, um contratorpedeiro da Marinha dos EUA que participou dos exercícios, disse que o exercício foi projetado para melhorar a forma como o equipamento e os profissionais das nações participantes operam juntos.

“Gostaríamos de demonstrar a todos, à comunidade internacional, que nenhuma nação pode reivindicar o Mar Negro ou qualquer corpo de água internacional”, disse John D. John a bordo do destruidor de mísseis implantado na área para exercícios. “Esses corpos d’água pertencem à comunidade internacional, e estamos empenhados em garantir que todas as nações tenham acesso a hidrovias internacionais.”

O Ministério da Defesa russo disse que está monitorando de perto o Sea Breeze. Os militares russos também realizaram uma série de exercícios paralelos no Mar Negro e no sudoeste da Rússia, com aviões de guerra praticando bombardeios e mísseis de defesa aérea de longo alcance implantados para proteger a costa.

No mês passado, a Rússia disse que um de seus navios de guerra no Mar Negro disparou tiros de alerta e um avião de guerra lançou bombas no caminho do HMS Defender, um destróier da Marinha Real britânica, para expulsá-lo de uma área perto da Crimeia que Moscou afirma ser seu território. Fonte: Associated Press.