França pode impor terceiro lockdown se toque de recolher não reduzir infecções

O governo da França pode impor um terceiro bloqueio nos próximos dias se o atual toque de recolher de 12 horas por dia não diminuir significativamente as infecções por coronavírus.

Exatamente um ano após a França anunciar o primeiro caso confirmado de coronavírus na Europa, o ministro da Saúde francês, Olivier Veran, disse em uma entrevista publicada neste domingo no jornal Le Parisien que se as infecções não diminuírem e “se as variantes começarem a se espalhar por toda parte, iremos tomar medidas extras. E isso é chamado de confinamento. … Vamos fechar”.

Um funcionário do gabinete do presidente francês Emmanuel Macron disse neste domingo que “tudo está sobre a mesa”, mas nenhuma decisão firme será tomada até que fique claro o efeito do toque de recolher nacional das 18h às 6h.

Além do toque de recolher, restaurantes franceses, pontos turísticos e muitos outros locais públicos estão fechados desde outubro. Mas as infecções, hospitalizações e mortes pelo novo coronavírus começaram a aumentar novamente este mês.

A França, que perdeu pelo menos 72.877 vidas na pandemia, vacinou mais de 1 milhão de pessoas em meio a atrasos burocráticos e logísticos.

O país começou neste domingo a exigir teste de covid-19 negativo de viajantes que chegam de avião ou barco de outros países da União Europeia. Esses testes já são exigidos para visitantes de fora da UE, que também devem entrar em quarentena por 7 dias após a chegada.

Fonte: Associated Press