Hospitais parecem ‘zona de guerra’, diz governo britânico

Os hospitais britânicos parecem uma “zona de guerra” por causa do aumento do número de pacientes com covid-19, afirmou o assessor científico do governo, Patrick Vallance.

O país registrou ontem 1.820 mortes pelo novo coronavírus. “(A situação) é muito, muito ruim neste momento, com uma enorme pressão e, em alguns casos, parece uma zona de guerra em termos do que as pessoas têm de administrar”, disse Vallance ao canal privado Sky News.

O Reino Unido tem sido atingido por uma nova onda de infecções atribuída a uma variante do vírus. Essa variante é entre 50% e 70% mais contagiosa do que as anteriores, segundo cientistas britânicos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.