Indicado por Biden para a CIA diz que China é ‘adversário autoritário’

O diretor indicado por Joe Biden para comandar a CIA, William Burns, afirmou nesta quarta-feira, 24, que a “competição com a China será uma questão prioritária de segurança” dos Estados Unidos nos próximos anos. “Há um número crescente de áreas” em que a “China de Xi Jinping é um adversário autoritário formidável”, afirmou, em audiência de confirmação no Senado. “Roubam propriedade intelectual, reprimem seu próprio povo, ameaçam seu vizinhos e criam influência na sociedade americana”, acusou o diplomata.

Embaixador no Oriente Médio, onde serviu na Jordânia, e na Rússia, além de ter “ocupado altos cargos em administrações dos dois partidos”, Burns afirmou ter “desenvolvido respeito pelos colegas da CIA”, e apontou que a “boa inteligência é a primeira linha de defesa dos EUA”.