Lagarde, Georgieva, Macron e Conte celebram acordo pós-Brexit

O acordo firmado entre Reino Unido e União Europeia para as relações entre as partes no pós-Brexit foi celebrado por autoridades no exterior.

Com as negociações travadas e faltando apenas uma semana para o fim do período de transição, em 31 de dezembro, o acordo traz “clareza para pessoas e empresas”, destacou a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva em sua conta no Twitter. “Parabéns à UE e ao Reino Unido pelo acordo de hoje! Ele fornecerá um caminho para boas relações econômicas entre vizinhos e uma clareza bem-vinda para pessoas e empresas.”

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, disse que ainda lamenta a decisão do Reino Unido de sair do bloco, mas afirma que “o acordo é importante especialmente neste momento de grande incerteza”.

O presidente da França, Emmanuel Macron, elogiou os esforços do negociador-chefe do Brexit, Michel Barnier, e da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, na defesa dos interesses europeus. “A unidade e firmeza europeias valeram a pena. O acordo com o Reino Unido é essencial para proteger nossos cidadãos, nossos pescadores, nossos produtores. Vamos garantir que seja esse o caso. A Europa avança e pode olhar para o futuro unida, soberana e forte.”

Já o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, enfatizou que “interesses e direitos das empresas e dos cidadãos europeus foram garantidos. O Reino Unido será um parceiro central e aliado da UE e da Itália”.