OMS: bloqueadores de interleucina-6 reduzem mortalidade em casos graves de covid

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu nesta terça-feira,6, passar a recomendar o uso de bloqueadores de interleucina-6, junto com corticosteroides, em pacientes com quadros severos e críticos de covid-19, segundo informou a entidade multilateral em comunicado. A orientação da OMS tem como base uma série de 27 estudos randomizados com cerca de 11 mil voluntários, organizados pela própria OMS, em parceria com instituições de saúde internacionais.

A interleucina-6 é uma citocina liberada pelo corpo humano que produz efeito inflamatório. Segundo a OMS, a utilização de medicamentes que evitam os seus efeitos, como o tocilizumab e o sarilumab, em adição a corticosteroides, reduziu a taxa de mortalidade de pacientes hospitalizados em 17%, em comparação com o uso exclusivo de corticosteroides. Já em pacientes que não necessitavam de respiradores, o risco de adoção da ventilação mecânica ou de morte foi reduzido em 21%, disse a OMS.