Polícia do Capitólio informa que incidente não parece ter sido ato de terrorismo

A Polícia do Capitólio (USCP, na sigla em inglês), em Washington, informou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 2, que um dos policiais envolvidos no incidente ocorrido hoje próximo da sede do legislativo americano morreu. Segundo a USCP, o caso ainda está sendo investigado, mas não há evidências de que tenha sido um ato de terrorismo ou de que haja ameaça a membros do Congresso.

As autoridades de segurança informaram que, por volta das 14h02 (horário de Brasília), um motorista atropelou dois policiais e atingiu uma barreira. O suspeito, então, saiu do carro com uma faca e foi em direção aos dois agentes, que atiraram no homem. Encaminhado ao hospital, o motorista também morreu.

A polícia acrescentou que não pode divulgar detalhes adicionais para não prejudicar as investigações.