Presidente da Comissão Europeia pede mais recursos para programa de vacinas

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, defendeu nesta terça-feira, 23, a alocação de mais recursos para a Covax Facility, aliança global para a distribuição igualitária de vacinas contra a covid-19. A líder participou do lançamento da campanha “Um Plano de Recuperação para o Mundo”, que tem como foco a imunização para o coronavírus. A iniciativa é capitaneada pela organização internacional Global Citizen, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Comissão Europeia.

“Vamos superar a pandemia com uma campanha global de vacinação”, afirmou von der Leyen em um discurso preparado para o evento. A política alemã destacou que a União Europeia aumentou na semana passada a contribuição para a Covax para aproximadamente 2,2 bilhões de euros. Segundo ela, a Covax é “um grande sucesso”. “Mas sejamos francos, é necessário muito mais. Primeiro, é necessário mais financiamento”, declarou.

Von der Leyen também disse que é preciso disponibilizar as doses de vacinas o mais rápido possível. “As vacinas ainda são escassas – em toda parte. Mas é de nosso interesse comum compartilhar”, afirmou. A líder ressaltou que a Europa é o continente que mais exporta vacinas para o resto do mundo e reforçou que apoia a proposta do presidente da França, Emmanuel Macron, de doar imunizantes para vacinar profissionais de saúde na África.

Ela informou que haverá em maio deste ano uma Cúpula Global da Saúde, que será convocada por ela e pelo novo primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi. “Sim, temos que lutar contra a pandemia agora, mas também temos que abordar seu impacto mais amplo sobre os mais vulneráveis e precisamos combater as causas profundas”, declarou von der Leyen.