Presidente da Polônia pede remoção de todas as tropas da Rússia na Ucrânia

O presidente da Polônia, Andrzej Duda, disse que apenas a Ucrânia deve decidir quaisquer termos sobre a paz com a Rússia e pediu a remoção completa do país de todas as tropas do regime de Vladimir Putin. A fala foi dada durante um discurso no parlamento ucraniano, 22, no domingo.

Duda rompeu com líderes europeus que sugeriram que a parte ocupada da Ucrânia deveria atender a algumas das demandas russas. “Há vozes perturbadoras surgindo na Europa exigindo que a Ucrânia reconheça as exigências da Rússia. Quero dizer claramente que apenas a Ucrânia tem o direito de decidir sobre si mesma”, disse Duda. “Nada deve ser decidido sobre você sem você”, completou.

Os comentários dele vêm depois que alguns líderes europeus propuseram oferecer à Rússia concessões suficientes para permitir que Putin acabe com a guerra. Duda não citou quais países estavam pressionando a Ucrânia a aceitar as exigências do líder russo.

No sábado, 21, o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi pediu que a Europa “faça uma proposta de paz para que os ucranianos aceitem as exigências de Putin”, em comentários veiculados na televisão estatal polonesa.

Duda também pediu que a União Europeia vá mais longe em seus esforços para se isolar da economia russa. O bloco está perto de aprovar um novo pacote de sanções que incluiria um embargo ao petróleo russo, embora o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, seja contrário. “Não descansarei até que a Ucrânia seja membro da União Europeia”, disse Duda. Fonte: Dow Jones Newswires.