Reino Unido e UE citam ‘significativas divergências’ em acordo pós-Brexit

Após conversa telefônica nesta tarde, a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, divulgaram comunicado conjunto nesta segunda-feira, 7, em que ressaltam que não ainda não há condições para a finalização de um acordo comercial para o período subsequente ao Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia, que será oficializada em 1 de janeiro de 2021.

Segundo a nota, as duas partes têm “significativas divergências” em três áreas: pesca, estabelecimento de um campo justo de disputa e governança. “Pedimos aos nossos negociadores chefes e suas equipes que preparassem uma visão geral das diferenças remanescentes a serem discutidas em uma reunião física em Bruxelas nos próximos dias”, informaram.