Rússia convoca embaixador nos EUA para consultas em meio a tensões entre países

O ministério de Relações Exteriores da Rússia informou nesta quarta-feira, 17, que convocou o embaixador do país nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, para consultas sem especificar motivo.

A ação medida ocorre em meio a tensões crescentes com o governo do presidente americano Joe Biden,, que impôs sanções pelo envenenamento do líder da oposição Alexei Navalny, que agora está na prisão. Além disso, um relatório da inteligência dos EUA concluiu que o presidente russo, Vladimir Putin, autorizou operações de influência para ajudar o ex-líder americano, Donald Trump, na eleição presidencial de novembro passado.

Em uma entrevista para a televisão transmitida hoje, Biden foi questionado se considerava Putin um assassino e respondeu: “Eu acho”.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, afirmou que as relações entre os dois países “estão em um estado difícil, que Washington levou a um beco sem saída nos últimos anos”. “Estamos interessados em prevenir sua degradação irreversível, se os americanos estiverem cientes dos riscos associados’, disse.