Taiwan reporta atividade da China em seu espaço aéreo

O Ministério da Defesa de Taiwan registrou uma série de atividades chinesas na ilha nesta segunda-feira, 12, seguindo um reforço dos Estados Unidos do compromisso com os laços junto a Taipei. De acordo com a Reuters, a incursão de 25 aviões da força aérea da China, incluindo equipamentos com capacidade para bombas nucleares, registrada nesta segunda-feira, foi a maior reportada até hoje.

Ontem, o Ministério das Relações Exteriores de Taiwan saudou o secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, por reafirmar seu “compromisso” de garantir que Taipei “tenha a capacidade de se defender e sustentar a paz e a segurança no Pacífico Ocidental”, escreveu em sua conta no Twitter.

Em uma entrevista à MSNBC, questionado sobre o compromisso de Washington com a ilha, Blinken reafirmou as obrigações, e indicou que “seria um erro grave alguém tentar mudar esse status quo pela força”.

Desde o final da guerra civil na China nos anos 40, o tema é caro para as aproximações entre Washington e Pequim. As tensões no estreito de Taiwan foram destacadas durante os processos de aproximação entre os dois países, e vem sendo tema mais uma vez de disputa nos últimos anos com o acirramento de ambos os lados.