UE tem doses suficientes para meta de vacinar 70% dos adultos até o fim do mês

A União Europeia (UE) comunicou que agora tem doses suficientes para cumprir sua meta de vacinar 70% da população adulta da região até o final deste mês. De acordo com o Centro Europeu de Controle de Doenças, 44% da população adulta da UE está totalmente vacinada e 64% recebeu pelo menos uma dose.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse neste sábado (10) que, até domingo, dia 11, 500 milhões de doses terão sido entregues a todas as regiões dos 27 países da UE. Ela aconselhou os países membros a “fazerem tudo para aumentar as vacinações”.

Até agora, os países da UE administraram 386 milhões de doses para a população total de 447 milhões, de acordo com o ECDC. Embora a campanha de vacinação da Europa esteja mais avançada do que na maior parte do mundo, o ritmo dentro da UE mostra grandes disparidades, com apenas 17% da população adulta da Bulgária tendo com a primeira dose, em comparação com 81% da população na Bélgica.

EUA

Depois que o governador da Carolina do Sul, Henry McMaster, tentou impedir a campanha de casa em casa para aumentar a taxa de vacinação em seu Estado, a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki. foi enfática: “a recusa em dar informações válidas sobre Saúde Pública, como a eficácia da as vacinas e sua acessibilidade em todo o país, inclusive na Carolina do Sul, estão literalmente causando mortes”, afirmou.

Austrália

Os primeiros dados do surto da variante delta na Austrália sugerem que duas doses de vacina oferecem proteção significativa contra doenças graves e hospitalização. Autoridades de saúde em Sydney, a cidade mais populosa da Austrália, que está em lockdown por causa do novo surto, disseram neste sábado que ninguém que recebeu duas doses da vacina precisou ser hospitalizado. Das 47 pessoas agora no hospital, 37 não foram vacinadas.

Rússia

A Rússia relatou neste sábado 752 mortes relacionadas ao coronavírus, número mais alto de mortes confirmadas em um único dia desde o início da pandemia. O número nacional total de mortes subiu para 142.253. São 25.082 novos casos de coronavírus, no país, sendo 5.694 em Moscou. O total de casos nacionais registrados está em 5.758.300. (Com agências internacionais).