Conab adquire alimentos para formação de cestas destinadas a indígenas, quilombolas e mulheres vulneráveis

Duas operações de leilões de compra, realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta e sexta-feira (26 e 27), vão possibilitar a aquisição de mais de 330 toneladas de produtos básicos para formação de 15.350 cestas de alimentos para doação a comunidades com insegurança alimentar e nutricional. 

Nos leilões de quinta-feira (26),  a operação visa o atendimento de comunidades indígenas e quilombolas de Mato Grosso e da Paraíba, e vai permitir a confecção de 10.850 cestas. Já a de sexta-feira (27) destina-se a formar 4.500 cestas para distribuição a grupos vulneráveis de mulheres no estado da Bahia.

Os leilões começam a partir das 9h, pelo Sistema Eletrônico de Comercialização da Conab (SEC) em Brasília, com interligação das Bolsas de Cereais, de Mercadorias e de Futuros, medida que atende o Termo de Execução Descentralizada (TED) firmado com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio das secretarias que atendem essas populações.

Cada cesta será formada por 21 quilos de produtos como arroz, feijão, flocos de milho, farinha de mandioca, óleo de soja, açúcar, macarrão e leite em pó. A entrega das mercadorias que integrarão as unidades deverá ser feita em localidades dos estados citados nos avisos.

Da assessoria