Copel dá dicas para instalar a iluminação de Natal com segurança

Depois de quase dois anos de pandemia, o Natal de 2021 promete ser de muita iluminação e enfeites. Mesmo com a ansiedade para que toda a decoração fique pronta o quanto antes, é preciso atenção redobrada ao fazer a instalação dos pisca-piscas ou outros enfeites que demandam uso de energia elétrica.

Para que choques e curtos-circuitos não atrapalhem as festividades, a Copel faz algumas recomendações de segurança que podem ajudar na hora de comprar e instalar a iluminação natalina. A primeira dica, uma das mais importantes, deve ser seguida ainda na escolha das decorações: todas devem ter certificado do Inmetro. Fazer a verificação de qualidade e procedência dos cordões de luz e outros equipamentos que utilizam energia elétrica é importante para evitar acidentes.

Ainda na hora da compra é preciso observar se a decoração foi feita para uso interno ou externo. Com a ação da luz do sol e da chuva, os fios se deterioram e podem causar choques elétricos. Os enfeites feitos especificamente para uso externo são mais resistentes à ação da natureza. Também é necessário verificar se os cordões de luz são compatíveis com a capacidade de carga das instalações elétricas do imóvel.

Outra coisa muito comum, que não é recomendada, é o uso de benjamin (T) ou extensões para ligar vários cabos de luz ao mesmo tempo. “O que recomendamos é o uso das réguas, porque elas suportam uma carga de acordo com o projetado e possuem a proteção adequada. Em contrapartida, o T não tem essa proteção”, aconselha o gerente de Segurança da Copel, Raul da Silva Claudino.

INSTALAÇÃO –Após seguir todas as recomendações para compra, é preciso dedicar um tempo à instalação dos enfeites, sempre mantendo uma distância segura da rede elétrica, para evitar choques por contato com a rede energizada e a ocorrência de quedas de escadas.

Para aqueles que escolherem reutilizar cordões de luz de anos anteriores, é imprescindível se certificar de que o enfeite está em boas condições de uso. Partes danificadas, isolação desgastada pelo tempo de uso, emendas mal feitas e lâmpadas queimadas podem acabar em acidente. “Provavelmente você pode fazer o descarte desse enfeite e comprar outro. Ou, até mesmo, um eletricista pode ajudar a consertar e refazer alguma emenda”, recomenda Claudino.

As emendas e conexões devem ser feitas com fita isolante de boa qualidade, e a ligação dos enfeites na tomada não pode acontecer antes da montagem da decoração estar concluída. Esses dois passos impedem que acidentes por falhas no isolamento de fios ou nas emendas aconteçam.

É importante evitar que vários equipamentos fiquem ligados na mesma tomada. Isso evita que ocorram sobrecargas e incêndios, que geralmente são causados por curto-circuitos ou superaquecimento dos circuitos elétricos. Mesmo depois de tudo pronto, é preciso continuar atento. Manter crianças longe, para que não toquem ou brinquem com as instalações elétricas, pode impedir muitos acidentes. E, antes de sair de casa, sempre lembrar de desligar tudo da tomada.

Da AEN