Eleitores de Macapá vão às urnas neste domingo para eleger prefeito

Os eleitores de Macapá (AP) estão de volta às urnas neste domingo para escolher o seu próximo prefeito. O segundo turno da disputa é entre Josiel Alcolumbre (DEM) e Dr. Furlan (Cidadania), os dois candidatos mais votados dos dez postulantes ao cargo.

Em 12 de novembro, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) referendou a decisão do presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, de adiar as eleições municipais em Macapá. O pedido de adiamento foi feito pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) por causa da instabilidade no fornecimento de energia na região.

No primeiro turno, Josiel obteve 59.511 (29,47%) votos válidos contra 32.369 (16,03%) de seu opositor, Dr. Furlan. Foi registrado o comparecimento de 217.161 (74,19%) eleitores e 75.557 abstenções, número que corresponde a 25,81% do eleitorado. Os votos em branco somaram 2,64% (5.740), e os nulos chegaram 4,38% (9.512).

Empresário e jornalista, José Samuel Alcolumbre, de 47 anos, mais conhecido como Josiel, nasceu em Belém (PA) e é filiado ao Democratas (DEM) desde 2010. Sua vice na chapa é Silvana Vedovelli (Avante). Eles concorrem pela coligação Macapá em Primeiro Lugar (PDT/PSC/PL/PV/PSDB/PSD/Solidariedade/PROS/Avante/Republicanos/PP/DEM). Já Antônio Paulo de Oliveira Furlan, conhecido como Dr. Furlan (Cidadania), tem 47 anos e é natural de Belém (PA). Sua vice na chapa é Mônica Penha (MDB). Eles são candidatos pela coligação De Coração por Macapá (Cidadania/MDB/PMN).