Em tempos de pandemia amizade se mantém fortalecida no ambiente virtual

A internet ganhou força e mais representatividade na vida de muitas pessoas desde que a pandemia surgiu. Não é nenhuma novidade que essa ferramenta se tornou uma aliada para a população ‘driblar’ o isolamento e o distanciamento social. As amizades virtuais também ganham outra representatividade neste período.

Os jovens são aqueles que estão mais conectados; mesmo quando estão na presença de outras pessoas, eles se mantêm nesse ‘universo paralelo’. Com a internet é possível manter contato com aqueles que não é possível visitar no momento e manter a mesma qualidade como se estivessem convivendo.

“O contato com outras pessoas, o presencial, é algo insubstituível”, destaca o psicólogo, Silvio Vailão. “O olho no olho, o abraço, o sentir a emoção, tudo isso fica mais evidente. Contudo, diante da gravidade do momento todos sabem a necessidade de manter os cuidados necessários e cultivar as amizades nesse contexto virtual”.

O profissional comenta que manter contato com os amigos é uma necessidade do ser humano, uma prática que tende a cultivar sentimentos de união, apoio, compreensão e bem-estar. Ele destaca que mesmo não tendo o contato habitual, pois existem aqueles amigos que não são vistos com frequência, mas isso não interfere na amizade, é importante procurar fomentar as amizades.

ONLINE PARA AS AMIZADES – “As ferramentas tecnológicas são importante aliadas neste período de isolamento, basta saber usar. Cada vez mais nos deparamos com casos de depressão, situações em que as pessoas se sentem muito sozinhas e acabam desencadeando outros sentimentos e problemas de saúde”, declara.

Segundo Vailão, as amizades também estão se reinventando nestes tempos de pandemia e distanciamento social. Ele pontua que os contatos vão além de mensagens de texto, pois essa formatação já não é suficiente para superar os desafios do momento, por isso, as chamadas de vídeos tem suprido mais as necessidades já que permite ver em tempo real e captar as emoções da conversa.

“O importante é manter os laços e não deixar que a pandemia nos afaste ainda mais. Já vivemos momentos difíceis, de perda, de outros problemas de saúde, de um novo normal ainda em construção. Mante as amizades e fazer novos contatos é algo que ajuda a superar as adversidades”, conclui.

Da Redação

TOLEDO