Projeto Amigas do Bem Viver lançam 3ª edição do calendário

Em cada página há pelo menos uma história e uma vitória. Por trás dos sorrisos nas fotografias há uma guerreira que não mede esforços para vencer as lutas e as dificuldades do diagnóstico do câncer. Estampadas no calendário do Projeto Amigas do Bem Viver, as guerreiras querem alertar a comunidade sobre a importância da prevenção e de uma rede de apoio após o diagnóstico.

Este é o terceiro ano que a entidade produz um calendário. Os recursos da venda serão destinados para a manutenção da ONG e para apoiar as ações realizadas na comunidade com as pessoas que enfrentam a doença. A presidente da entidade Terezinha Nucitelli conta que a edição 2021 do calendário reforça os cuidados consigo e com o próximo.

“O objetivo do calendário é ajudar a Associação e conscientizar a população sobre a prevenção. Cada mês traz um lembrete de uma campanha e um alerta para as pessoas buscarem um especialista e fazer os exames preventivos”.

Impresso na cor rosa vibrante, o calendário traz fotos de mulheres e homens que enfrentaram ou ainda lutam contra o câncer. Terezinha explica que a pandemia atrasou a confecção do material. As seções de fotos foram feitas com todos os cuidados que o momento exige respeitando o distanciamento e os protocolos sanitários. O material pode ser adquirido na sede da entidade na Rua Rui Barbosa, 1422 no Centro, entre as 13 horas e 16 horas. No local também acontece um bazar beneficente para ajudar as ações do Projeto Amigas do Bem Viver.

APOIO – Atualmente, o Projeto Amigas do Bem Viver apoia mais de 200 famílias. Terezinha conta que a entidade surgiu quando sua mãe foi diagnosticada com câncer. “Nós tínhamos necessidade de estar com outras pessoas, conversar, trocar ideias, ter o apoio do próximo. Com isso surgiu o grupo com pequenas reuniões e aos pouco foi crescendo”.

A participante e guerreira Claudia Konzen conheceu o grupo depois do tratamento de um câncer de pele. Na época do seu diagnóstico sentiu falta de uma corrente de apoio. “Eu tive pouco apoio, tive depressão e foi muito complicado. A palavra câncer abala muito e na época eu tive poucas pessoas ao meu lado. Agora o Projeto está me ajudando muito e eu também posso ajudar outras pessoas que precisam de um conforto, de apoio e um ombro amigo”, salienta.

AÇÕES – Entre as ações desempenhadas pelo Projeto Amigas do Bem Viver, a presidente da entidade Terezinha Nucitelli pontua as reuniões com terapeutas e psicólogos voluntários, visitações, serenatas, artesanatos além de ajuda financeira com cesta básica e medicamentos. “Com a pandemia nós tivemos que adaptar o Projeto e as ações desempenhadas. Mesmo assim, tivemos uma atuação incrível auxiliando muitas famílias inclusive com recursos financeiros para pagar uma conta de água, luz e cestas de Natal”.

PROJETO – O Projeto Amigas do Bem Viver é uma Associação constituída por voluntários e pessoas que estão enfrentando/vivendo ou já enfrentaram/viveram os obstáculos do diagnóstico e tratamento do câncer. O objetivo do Projeto é olhar com amor, respeito e cuidado sempre buscando a inserção social, possibilitando que ‘guerreiras (os)’, como são carinhosamente chamados os diagnosticados, possam buscar e até mesmo compartilhar informações e experiências que envolvam o autocuidado e o cuidado com o outro.

O Projeto também busca favorecer ao desenvolvimento de hábitos e comportamentos que proporcionem uma vida mais confortável e natural possível durante o processo de tratamento. Mais informações do Projeto e as ações pelo telefone (45) 9-9158-6817.

Da Redação

TOLEDO