Lideranças de Toledo debatem geração de empregos na pandemia

12

Lideranças políticas, empresariais, acadêmicas e da sociedade civil organizada reuniram-se, na manhã desta quarta-feira (5), no Auditório Acary de Oliveira para debater a geração de empregos em Toledo na pandemia. O evento, promovido pela Agência do Trabalhador e pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, da Agricultura, de Políticas para Mulheres e da Juventude, utilizou a metodologia “brainstorming”, conceito que, traduzido livremente do inglês, significa “tempestade de ideias”, isto é, vários saberes unidos em torno de um objetivo em comum.

No início dos trabalhos, algumas destas lideranças saudaram os presentes e destacaram a importância deste evento para o desenvolvimento de Toledo. “A Agência do Trabalhador deste município está realizando um ótimo trabalho, cumprindo metas audaciosas e figurando entre as melhores unidades do Paraná em termos de ‘fechamento’ de vagas”, destaca a técnica do Departamento do Trabalho da representação regional da Secretaria de Estado de Justiça, Família e Trabalho do Paraná (Sejuf), Vanessa Daiana Galdino Sanches Lang. “Falo em nome do nosso Legislativo e quero reforçar o compromisso de toda a Casa com o desenvolvimento do nosso município e, neste assunto, a atual gestão está dando uma aula de inovação”, avalia o vereador Dudu Barbosa. “Temos realmente uma deficiência na formação da mão de obra qualificada para nossas empresas, mas nosso governo não está se escondendo, buscando soluções para quem está em dificuldades superar os problemas e ajudar a situação de quem está bem ficar ainda melhor. Inovar é um conceito que vai além da tecnologia, é encontrar correções de rumos, é colocar a qualidade de vida, a felicidade das pessoas, a serviço da geração de emprego e renda”,  pontua o prefeito Beto Lunitti.

Em seguida, o diretor da unidade local da Agência do Trabalhador, Rodrigo Souza, e a secretária de Políticas para Mulheres e da Juventude, Jennifer Teixeira, apresentaram um panorama local sobre as suas áreas de atuação, as quais têm em comum o lema “Toledo é + emprego!”. Em seguida, os presentes ingressaram na plataforma Mentimeter e responderam a seis perguntas em que puderam manifestar suas opiniões e ideias: “Quem de vocês tem vaga aberta neste momento?”, “Quem de vocês já abriu uma vaga na Agência do Trabalhador de Toledo?”, “Como foi sua experiência [na Agência do Trabalhador]?”, “Quanto você recomendaria a Agência do Trabalhador para um amigo?”, “Como o Poder Executivo pode lhe ajudar?” e “Como podemos melhor o agenciamento de trabalhadores durante a pandemia?”.

A assertividade foi a marca das respostas dadas pelos participantes, os quais elogiaram muito a proposta do evento. “Foi um encontro em que a gente pôde ver o ponto de vista de várias empresas num contexto geral e também serviu para avaliarmos a questão de oferecer oportunidades tanto para jovens quanto para adultos de forma que eles possam ser contratados e permanecer nas vagas, o que tem sido um dos nossos maiores desafios. Contudo, com este brainstorming, poderemos ter uma grande evolução daqui para frente”, relata a representante da FM Pneus, Kelly Lorena Olegini. “O evento foi bastante interessante em razão da interação do poder público com o setor produtivo no sentido de buscar o cerne do problema da falta de qualificação profissional que impede muitas pessoas ingressarem no mercado de trabalho. A partir disso, é possível encontrar alternativas para várias dificuldades enfrentadas pelas empresas, como a rotatividade de funcionários, uma questão que inclui aspectos éticos, sociais e de formação. Portanto, com estas iniciativas, nossos alunos poderão ter um ambiente mais favorável para acessar e crescer nas vagas que preencherem”, analisa a sócia-proprietária da escola profissionalizante Instituto Mix de Profissões, Patrícia Helena Nascimento. “Esta troca de experiências e conhecimentos é muito importante para o fomento da mão de obra para o comércio e demais setores. Da nossa parte, estamos ajudando da melhor maneira possível, como na recente parceria que firmamos com a prefeitura para a oferta de cursos que serão disponibilizados a partir do segundo semestre. Da mesma forma, nos colocamos à disposição para auxiliar com serviços de capacitação em iniciativas citadas neste evento, como o Bora Lá e o Sine Itinerante”, observa o técnico de relações com o mercado da representação local do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/PR), Oswaldo Júnior.

Jennifer Teixeira entende que as expectativas para o brainstorming foram totalmente superadas. “Eu fiquei muito feliz com o resultado e com as propostas que recebemos aqui. Percebemos que existe um diálogo, uma linha integrada de pensamento, uma convergência entre poder público com empresas e instituições. Saímos daqui com várias reuniões agendadas para articular essas políticas públicas em consonância com as demandas da sociedade civil e, a partir destas agendas,  vamos construir um plano de trabalho. Estamos conseguindo avançar nestas discussões e tenho muita esperança de que as ações que estamos propondo se fortaleçam, para que jovens e mulheres consigam acessar o mercado de trabalho, com qualificação e a devida estrutura”, pontua. 

Rodrigo Souza explica que as ideias apresentadas resultarão em um plano de ações que a Agência do Trabalhador executará em breve, como o “Sine Itinerante”, atividade em que nossa equipe fará atendimentos em bairros e distritos de Toledo. “Este brainstorming teve como ponto de partida o cenário das dificuldades do ponto de vista do empregador e nós, enquanto poder público, nos propusemos a auxiliar neste processo de gerenciamento de pessoas, qualificando e encaminhando este trabalhador, bem como também como reinserir algumas pessoas que estão à margem do mundo do mercado de trabalho. Com as ideias aqui apresentadas, vamos planejar ações e colocá-las em prática junto com as empresas, que têm uma assertividade muito grande para lidar com esta questão”, detalha.

Da Prefeitura de Toledo-PR