Toledo

Acadêmicos visitam Bienal do Livro, museus e Pinacoteca de São Paulo

Foi um fim de semana intenso, repleto de informações, interações, descobertas e experiências incríveis. A avaliação é da acadêmica de Letras Língua Portuguesa e Libras da FAG Toledo Analu Lays sobre a viagem que os acadêmicos da sua turma e do curso de Letras do Centro FAG fizeram para São Paulo, onde visitaram a Bienal Internacional do Livro de São Paulo. “Foram ótimas experiências em ambientes riquíssimos, diferente do que estamos habituados a interari aqui no interior. A Bienal é um espaço enorme e nós precisaríamos de dois dias para visitar tudo, mas conseguimos adquirir muito conhecimento mesmo com o tempo mais curto”, relata a coordenadora do curso de Letras Libras da FAG Toledo Janice Salvador, que acompanhou os estudantes durante a viagem. Entre os estantes visitados a coordenador destaca alguns que chamaram mais a atenção dos acadêmicos. “Além do acesso a um acervo indescritível de obras em termos de quantidade, qualidade e variedade, também tivemos acesso as palestras, artistas, cordelistas, manipuladores de marionetes e também pudemos conhecer  uma sala de aula imaginada para 2030 com todo um aparato tecnológico que nós sequer imaginamos nos dias atuais”, relata.

Além da Bienal, os estudantes também visitaram o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC), a Pinacoteca de São Paulo e o famoso Museu de Artes de São Paulo (MASP) um dos mais importantes pontos turísticos da capital paulista. “São espaços e experiências difíceis de descrever, mas eu mesma tive uma experiência interessante quando me deparei com obras originais de Cândido Portinari e Tarsila do Amaral. São obras que nós estamos acostumados a trabalhar nos livros, em sala de aula com as crianças e ver este acervo pessoalmente é uma sensação incrível”, lembra a coordenadora.