Toledo

ADVT visa capacitar associados para mercado de trabalho

Inserir os associados no mercado de trabalho é uma das preocupações da Associação dos Deficientes Visuais de Toledo (ADVT). Diante desse desafio, a ideia é promover ações voltadas à capacitação. Está em tramitação a realização de um curso de informática gratuito exclusivo para cegos. O objetivo inicial era começar as aulas ainda este ano, mas devido alguns ajustes, a programação está prevista para 2019.

O projeto está em discussão desde o início de 2017. Com contribuições e o pagamento das mensalidades a entidade conseguiu adquirir quatro computadores. A ideia é que as aulas sejam semanais, com duração de duas horas, pelo período de seis meses.

“No início será apenas um curso de informática básica, mas depois a ideia é fazer uma capacitação avançada”, explica o presidente da ADVT Márcio da Silva França. “Iremos trazer um profissional habilitado para repassar essas informações aos nossos associados”.

Na área da informática, existem programas operacionais como o Dosvox que é específico para os cegos. Além disso, o mercado oferece os sistemas sonoros (aqueles que fazem a leitura da tela) como o Jaws e o NVDA. Com essa ferramenta é possível ler os textos, fazer pesquisas, navegar nas redes sociais, entre outros.

 

MERCADO DE TRABALHO

O presidente comenta que os associados têm muita dificuldade para ingressar no mercado de trabalho e que as capacitações facilitam o processo. “Diversas pessoas possuem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Algumas já receberam a carta de suspensão. Esse auxílio não é vitalício, ou seja, é preciso estar preparado para uma perícia e a possibilidade de corte. Por isso, pensamos em ações de preparo para que elas voltem para os bancos escolares e busquem aperfeiçoamento e assim possam trabalhar e garantir renda”, destaca.