Política

AMP entrega propostas ao pré-candidato à presidência Álvaro Dias

O presidente da AMP entregou ao senador e pré-candidato a presidente da República Álvaro Dias (Podemos) um conjunto de reivindicações (Foto: Divulgação)

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Coronel Vivida Frank Schiavini entregou na quinta-feira (7) ao senador e pré-candidato a presidente da República Álvaro Dias (Podemos) um conjunto de reivindicações dos prefeitos do Estado. A AMP fará o mesmo em relação a todos os candidatos a presidente da República em passagem pelo Paraná.

"Os prefeitos precisam ser ouvidos como lideranças por aqueles que realmente representam a população do Paraná e do Brasil, como o senador Álvaro Dias. O que queremos não é diferente do que os municípios brasileiros querem. Precisamos que as nossas propostas façam parte do plano de governo do candidato para administrar o nosso Brasil, caso o senador Álvaro Dias seja eleito", comentou Schiavini, durante almoço promovido pelo "Movimento Suprapartidário pelo Desenvolvimento do Paraná".

Entre as principais propostas apresentadas pela AMP estão: Revisão do Pacto Federativo, garantindo mais recursos para as prefeituras; revisão da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Precatórios; derrubada, no Supremo Tribunal Federal, da liminar do Imposto sobre Serviços (ISS), proporcionado mais verbas para as prefeituras, solução para os fundos próprios de Previdência Social dos municípios; e flexibilização da contratação de comissionados.

O senador Álvaro Dias defendeu a revisão do pacto federativo (o que segundo ele garantiria mais recursos para as prefeituras executarem as ações necessárias para o atendimento da população), o combate duro à corrupção, o fim dos privilégios das autoridades públicas e a realização de reformas estruturais para garantir que o Estado reduza as injustiças e promova o desenvolvimento socioeconômico do País. "Quero promover a reabilitação do sonho do povo de viver em uma grande Nação, mais próspera, justa, fraterna e solidária", disse o pré-candidato.